Einschulung: Primeiro dia na escola primaria na Alemanha
Coluna Cheguei. E agora?

Einschulung: Primeiro dia na escola primaria na Alemanha

Larissa Larissa da Costa
16 de setembro de 2017
273
0

Acabaram-se as 6 semanas de férias de verão nos dois últimos estados alemães da Bavária e Baden-Württermberg, e para muitas crianças, como para o meu filho, começou uma nova etapa: a vida escolar. Pequenos passos rumo a autonomia completa e independização.

A entrada na escola primaria na Alemanha é uma data muito especial, esperada com muita ansiedade e longos preparativos pelas crianças em idade escolar. A preparação já vem desde o último ano no jardim de infância, o pré, onde as crianças são iniciadas lentamente no mundo das letras e matemática.

Crianças com 6 anos completos até o final do calendário escolar são obrigadas a frequentar a escola e fazer sua matricula na escola indicada pela secretaria de educação do município onde reside. Cidades grandes são divididas por seções em seus bairros e, de acordo com o número de moradores, há uma (ou mais) escola primaria para atender às crianças. É sempre feito o possível para que a criança permaneça numa escola perto da sua casa. Nas cidades de pequeno porte, as escolas primarias são obrigadas a ter vagas e professores suficientes para atender aos alunos do seu município.

Einschulung Deutschland

Durante todo o ano do pré, os futuros alunos tem a oportunidade de visitar a escola onde serão alfabetizados e essas oferecem programa de parceria com diferentes jardins de infância, trazendo os futuros coleguinhas para conhecer, visitar, e passar algumas horas na escola nova.

Parte da preparação para a vida escolar é também a compra da mochila, o Schulranzen, que é uma mochila quadradona, resistente, que vai acompanhar a criança durante todo o primário, ou seja, da 1a a 4a série. Essa mochila custa entre 100 e 200 euros e é uma grande sensação entre os pimpolhos, que a levam ao jardim de infância para mostra-la aos coleguinhas.

Schultüte

Além disso há também o famoso Schultüte, um cone enorme de papelão decorado pelos pais, onde a criança recebe um monte de doces e presentes. Essa é uma tradição muito antiga na Alemanha, datada no fim do século XX e iniciada em Jena, no estado de Thüringen e se espalhou rapidamente por toda a Alemanha. Hoje os pais entregam os cones diretamente para as crianças, mas originalmente não era assim. Os pais deixavam os cones identificados com o nome da criança com a escola, que os pendurava em uma árvore. As crianças tinham então, que encontrar os seus cones e retirá-los da árvore sem estragar. A historinha que se contava para as crianças da época é que na escola havia uma árvore de doces, e quando a “fruta” com o seu nome amadurecesse e estivesse pronta para ser retirada da árvore, é porque era hora de a ir à escola!

Então chega o grande e esperado dia, a Einschulung, e os novatos, juntamente com seus pais e parentes próximos são recebidos na escola com uma grande cerimônia, discurso da diretora, apresentação dos professores, recepção dos alunos das outras séries primarias, e culto ecumênico.

Weltenburg: História e cerveja as margens do Danúbio
10 merdas que todo alemão fala
Larissa da Costa
Larissa da Costa
Autor
Vim para a Alemanha em 2002 aventurar-me em terras desconhecidas e a maior delas tornou-se a maternidade, quando, em 2010 virei mãe de um menino e em 2013 de uma menina.

Comentários

Cadastro Login
Login com rede social
ou
Esqueceu a senha?
Cadastro Login
Login com rede social
ou
Uma confirmação será enviada por email
Cadastro Login
Cadastro