[Especial Halloween] : 5 Lugares mal-assombrados na Alemanha
Alemanha

[Especial Halloween] : 5 Lugares mal-assombrados na Alemanha

Celso Celso Fernandes
29 de outubro de 2017
86
0

Boa noite! 

A tom laranja-avermelhado que domina a folhagem lá fora engana. Não há nada de colorido nos dias frios e cinzentos que em breve abalarão todos nós. Seguindo o ritmo da estação, resolvemos escrever um post um pouco mais macabro. Reza a lenda,  os espíritos sedentos rondarão a terra amanhã a noite. Para aqueles de vocês que ainda não possuem um encontro marcado, aí vão as direções... 

1 - Die Scheifenhäuserin 

Nas redondezas de Dusseldorf existe uma casa existe uma casa assombrada pela presença de uma mulher conhecida como "bruxa". A assombração começou no ano de 1975 quando os moradores da propriedade afirmam ver o espírito de uma mulher rondando os aposentos da casa. Segundo eles, era comum terem seus cobertores e pés puxados pela bruxa no meio da noite. É possível também ouvir passos que começam na sala e sobem até o sótão da casa. 

Depois do caso ganhar notoriedade, a bruxa foi apelidada de "Scheifenhäuserin". Outro fato curioso é que a aparição se manifestava sempre projetada na parede do celeiro da casa. A parede foi eventualmente derrubada revelando um pequeno quanto vazio.

Como chegar

Vohwinkeler Str. 37, 42781 Haan

2- Villa Puth

Em 1848 um empresário chamado Heinrich Puth fundou uma fábrica de cabos chamada "Seilwerke Heinrich Puth Kommanditgesellschaft". A fábrica logo cresceu para se tornar um dos maiores empregadores a cidade de Blankenstein na região do Ruhr. Para celebrar o seu sucesso, Heinrich construiu uma mansão, conhecida até hoje como Villa Puth, nas redondezas da fábrica. 

Reza a lenda que o espírito de Heinrich pode ser visto rondando o quintal da mansão. Aparentemente ele caminha sempre a noite na companhia de um cachorro. Apesar de amedrontador, o fantasma também parece ser tímido. Muitos que já o encontraram afirmam que ele some assim que uma lanterna é apontada em sua direção.

Como chegar

Wittener Straße 6, Blankenstein

3 - A dama de Ebersberger Forst

Não muito longe de Munique existe uma mata conhecida como Ebersberger Forst. A região é cortada por uma estrada de aproximadamente 10 KM aonde no meio do trajeto existe uma solitária capela. Há muitos anos uma mulher foi atropelada nas redondezas do edifício, porém o motorista fugiu e nunca foi encontrado.

Até os dias de hoje, o local é cenário de relatos no mínimo estranhos. Muitos motoristas que por ali passam, afirmam ter avistado uma dama de branco pedindo carona no meio da noite. Há também aqueles que relatam ter visto a mulher  sentada silenciosamente no banco de trás do carro.  

Como chegar

Ebersberger Forst na estrada St2080 esquina com Kapellengeräumt

4 - Schloss Köpenick

Inúmeras histórias cercam esse castelo barroco nas redondezas de Berlim. A mais conhecida das lendas é sobre uma jovem nobre que se apaixonou por um plebeu. Durante uma de suas visitas secretas, após a qual ela sempre acenava para ele da ponte do castelo com seu véu, sua ligação foi descoberta e cruelmente punida: o pobre rapaz foi supostamente enforcado em uma ponte e imerso no calabouço do castelo.

Desde então, suas almas vagam tranquilamente o terreno em volta do castelo, e sempre há notícias de pessoas que acreditam ter ouvido suspiros perto da ponte ou viram um véu soprando aleatoriamente ao vento. Além dos amantes infelizes, outros espíritos rondam a área dentro e ao redor do castelo Köpenik. Incluindo um cachorro preto com olhos brilhantes. Até hoje, diz-se que, de repente, aparece no escuro - muitas vezes na ponte do parque.

Como chegar

Alt-Köpenick 1, 12557 Berlin

5 - O eterno estudante de Bochum

Como veremos na próxima lenda, não é necessário ter centenas de anos para ser um bom fantasma. Nos anos 70 existia um jovem chamado Hajo estava cursando seu doutorado na universidade de Bochum. Infelizmente por mais que ele se empenhava, depois de 20 anos sua tese ainda não estava pronta. Tamanha era a sua ambição, que ele não abria mão de investigar todas as novas pesquisas e descobertas feitas sobre o tema da sua tese. Hajo entrou, assim, num círculo vicioso sem fim. Eventualmente, ele perdeu seu apartamento, todo o seu dinheiro e acabou morrendo.

Muitos estudantes da universidade afirmam que Hajo ainda assombra o edifício de Humanas principalmente durante a noite. É possível ver sua aparição perambulando pelos corredores em busca de novo material para a sua tese.

Assim como toda outras estória de fantasmas, esta também tem um pingo de verdade. De acordo com Arne Dessaul, P.R. da universidade, Hajo existiu de verdade, mas faleceu há uns 12 ou mais anos. Ele era relativamente conhecido na universidade e trabalhou muitos anos na sua tese, sem nunca ter terminado. 


Como chegar

Universitätsstraße 150, 44801 Bochum

Die Flora - Der Botanische Garten Köln
Como abrir conta bancária na Alemanha
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais. Adora responder perguntas 

Comentários

Cadastro Login
Login com rede social
ou
Esqueceu a senha?
Cadastro Login
Login com rede social
ou
Uma confirmação será enviada por email
Cadastro Login
Cadastro