Oktoberfest: Um guia essencial para as tendas
Coluna Muito Mais Que Cerveja

Oktoberfest: Um guia essencial para as tendas

Celso Celso Fernandes
21 de agosto de 2018
534
0

Imagem: Pixabay

Milhões de turistas estão prestes a se vestir em vestidos dirndl ou lederhosen e cair na gandaia da Oktoberfest em Munique. O maior festival de cerveja do mundo começará no dia 22 de setembro e irá até 7 de outubro. Pessoas de todo o mundo virão até a capital da cevada desfrutar de comida bávara e litros de cerveja Weizen. Não importa se você está à procura dos melhores joelhos de porco ou da melhor tenda para ver celebridades, neste post temos tudo o que você precisará saber.

Marstall: a tenda de cerveja dos amantes de luxo

Desde que o Marstall abriu suas portas pela primeira vez em 2014, a tenda atrai aqueles que preferem celebrações elegantes. As atividades são mais civilizadas - dançar em cima dos bancos é inaceitável até tarde - e os hóspedes aqui apreciam a atmosfera sofisticada. Chef Hubert Kayr mima os convidados com excelentes pratos tradicionais e inovadores, incluindo algumas opções vegetarianas, vegan e sem glúten, o que é relativamente raro para o festival. Ainda assim, a tradição desempenha um papel vital, portanto, independente de você pedir cerveja Franziskaner ou champanhe, ela é servida em canecos.

Armbrustschützen-Festhalle: A tenda dos amantes do esporte

O Armbrustschützen-Festhalle é sinônimo de tradição e velha guarda. Ela costumava ser popular entre os moradores, principalmente mais velhos, mas fez um nome para si mesma como sendo a tenda das festas. Durante o dia, a atmosfera permanece um pouco séria e comportada. Avançando algumas horas e centenas de litros de cerveja Paulaner depois, a barraca fica mais movimentada e os convidados mais alegres. A banda canta os maiores sucessos da Oktoberfest e anima a multidão. Se você é fã de eventos esportivos, vai adorar assistir os campeonatos anuais de arco-e-flecha da Alemanha.

Löwenbräu-Festhalle: A meca das festas

Se você pretende ir à Oktoberfest para dançar e beber a noite toda, este é o seu lugar. Você definitivamente não pode perder esta parada. Surpreenda-se com uma estátua de leão de 48 metros na entrada. De tempos em tempos ele ruge ‘Löwenbräu’ para chamar a multidão. A tenda não é apenas uma das favoritas dos turistas de todo o mundo, mas também o local de encontro dos jogadores do time de futebol TSV 1860 de Munique. A festa é organizada pelo experiente Ludwig Hagn que é um dos anfitriões que mais entende deste tipo de celebração em toda Oktoberfest.

Schottenhamel: A tenda para os bagunceiros e barulhentos

É impossível imaginar a Oktoberfest sem a tenda Schottenhamel. Todos os anos às 12 da noite, no primeiro dia da Oktoberfest, a multidão exclama "O’zapft is!" Quando o prefeito de Munique abre o festival tocando um barril e servindo a primeira cerveja do ano. 2017 marcou seu aniversário de 150 anos, tornando-se a tenda de cerveja mais antiga do festival. Apesar de sua tradição de longa data, nos fins de semana, os 10.000 lugares da Schottenhamel são ocupados por jovens graduados e estudantes do segundo grau. Se você procura festas barulhentas e inesquecíveis, você está no lugar certo. Se você preferir evitar os avanços e brigas de adolescentes, mas ainda assim curte de uma boa festa, é melhor dirigir-se as tendas da Löwenbräu, Armbrustschützen ou Hofbräu.

Hofbräu-Festzelt: a central turística

Com 10.000 lugares, a tenda Hofbräu é a maior do festival e costuma ser a primeira parada para turistas. Australianos bêbados, americanos e britânicos prevalecem em números, mas você conhecerá pessoas de todo o mundo. A alegre multidão bebe, canta e dança ao som de sucessos bávaros originais no meio de guirlandas azuis e brancas penduradas nas paredes e no teto.

Augustiner-Festhalle: A tenda ideal para toda a família

A tenda Augustiner é um centro popular para os moradores locais, e muitos deles são regulares. Eles tendem a concordar que a equipe aqui é mais amigável e, mais importante, que a cerveja tem um gosto melhor do que em qualquer outro lugar, o que pode ser porque a suave cerveja Augustiner ainda vem direto do barril. Nas duas terças-feiras da festa, os anfitriões atraem as famílias com preços reduzidos. A atmosfera é pitoresca e tradicional, assim como a comida - a família Vollmer utiliza apenas produtos locais e carnes frescas na preparação dos seus pratos.

Winzerer Fähndl: festeje com os locais

Se você está indo para a tenda Winzerer Fähndl, fique atento para a enorme estátua da Paulaner do lado de fora. Apesar de seu tamanho, o Winzerer Fähndl é conhecida como a mais acolhedora das tendas de cerveja. É também onde os locais se misturam com as celebridades e pessoas de todas as gerações participam num só canto. Se o tempo estiver bom, o Biergarten, voltado para o sul, é ótimo para aproveitar o sol do outono.

Hacker-Festzelt: A tenda para os aficionados da Baviera

A tenda Hacker foi projetada pelo vencedor do Oscar Rolf Zehetbauer e foi apelidada de "Himmel der Bayern". O apelido se traduz em "o paraíso dos bávaros", o que se reflete na audiência. É um favorito entre os habitantes originais de Munique que se misturam com turistas internacionais que querem mergulhar na autêntica experiência da Oktoberfest. As paredes são cobertas por murais que mostram motivos históricos e paisagens típicas da Baviera, e parte do telhado se dobra para trás, transformando a tenda em um local ao ar livre. Se você quiser celebrar como um local e praticar seu alemão, pare aqui.

Schützen-Festzelt: O refúgio

A Schützenzelt combina o melhor dos dois mundos. Há uma atmosfera festiva e bem comportada. Se você quiser fazer uma pausa na manguaça antes de mergulhar na próxima noite de festa e bebedeira, esta tenda de cerveja oferece algum refúgio e comida saudável. É popular entre os habitantes locais e, durante o dia, as famílias com filhos e avós vêm aqui almoçar. Sua especialidade: leitão com molho de malte. Se você planeja passar a noite aqui,  é aconselhável fazer fila cedo, já que a tenda ganhou bastante popularidade nos últimos anos.

Weinzelt: A tenda para quem não curte cerveja

Se você de alguma forma acabou no maior festival de cerveja do mundo, mas não gosta de cerveja, não se preocupe. A Weinzelt é a exceção à regra. Aqui, a maioria dos hóspedes trocam suas cervejas por vinho, sekt e champagne. É uma das tendas menores, decorada com bastante atenção para detalhes. Aqueles que aderem à cerveja estão sendo servidos em copos padrão, não em canecas. No cardápio estão os destaques culinários dos restaurantes de Kuffler. Ao contrário da maioria dos locais, o Weinzelt permanece aberto até a 1h da manhã, e muitos festeiros se juntam à festa para uma saideira depois que as outras tendas fecham.

Pschorr-Bräurosl: A tenda de cerveja para os amantes da música

A barraca de cerveja operada pela mesma família cultiva a tradição. O nome vem da primeira filha do dono da cervejaria, Pschorr, cuja beleza costumava atrair multidões para a tenda. Hoje, os moradores locais, muitos deles visitantes regulares, vêm aqui para a atmosfera arrebatadora. Um Yodeler e bandas de música alpina convidam os convidados a cantar junto os hits da Baviera. Umas goladas de uma saborosa cerveja Hacker-Pschorr pode ajudá-lo a superar a barreira da língua e se misturar com os habitantes locais. No primeiro domingo do festival, a comunidade gay domina o local para celebrar o "Gay Sunday".

Ochsenbraterei: O paraíso dos amantes de carne

A carne é a maior atração aqui. O nome se traduz em "boi grill", e a estátua gigantesca de um boi espetado montado ao lado de fora da tenda já prepara você para o que esperar. O Ochsenbraterei adquiriu uma tradição a partir de 1881, quando um boi foi totalmente grelhado em uma churrasqueira especialmente projetada. Se você é vegetariano ou vegano, há também opções vegetarianas e veganas no cardápio. Durante a semana, muitas famílias vêm aqui, e a atmosfera é relativamente descontraída e, nos últimos anos, tornou-se uma dica boa para os mais jovens.

Fischer-Vroni: A tenda alternativa

Se você se empanturrou com lombos, salsichas e frango assado por dias seguidos, a Fischer-Vroni é uma alternativa interessante. Peixe grelhado, outra especialidade bávara, é o grande atrativo deste pequeno local, e a barraca aconchegante é uma excelente opção se você quiser fugir da agitação da Oktoberfest. A atmosfera é um pouco relaxada, e o público demora a entrar no clima, mas isso muda na segunda segunda-feira das festividades, quando a comunidade LGBT assume a tenda para o evento "Rosa Wiesn".

Novas experiências, a importância de vivê-las
Guia de Biergartens em Colônia
Celso Fernandes
Celso Fernandes
Autor
Engenheiro, empreendedor e programador de fim de semana.  Natural de Petrópolis, RJ. Trinta e poucos anos de idade e há dez anos vivendo na Alemanha. Escreveu o primeiro post no Batatolandia em 2008 e desde então não parou mais. Adora responder perguntas 

Comentários

Cadastro