Verão em Berlim
Lifestyle

Verão em Berlim

Clarissa Clarissa Gaiarsa
15 de agosto de 2018
275
0

Imagem: Pixabay

Os fabricantes de sorvete e cerveja na Alemanha tem mais é que comemorar esse ano. Desde abril, as temperaturas estiveram quase todos os dias acima dos 25 graus, principalmente em julho e primeiros dias de agosto, chegando aos 37 graus! Pessoalmente, não sou muito fã desse calor exagerado. 28 graus seria a temperatura ideal para passar férias na praia e no dia a dia da cidade, 25 graus já está de bom tamanho, certo? Considerações pessoais à parte, tivemos que aprender a lidar com o calor e aproveitar o que Berlim oferece de melhor no verão para não derreter.

Antes de escrever esse texto, decidi dar uma pesquisada no assunto e tive uma surpresa: 2018 não foi o ano com o verão mais quente dos últimos tempos; parece que 2015 foi pior, e antes disso, 2003 também foi muito sofrido, batendo recordes de alta temperatura nas terras alemãs. Porém, eu ainda não estava aqui para conferir e sinto que durante esse verão as pessoas estão reclamando mais do que o habitual. Talvez pelo fato de que ele está sendo mais longo e constante e com menos chuva também. A secura incomoda bastante!

Deixando as reclamações típicas do povo alemão de lado, que tal aproveitar o que a cidade oferece? Opções não faltam para todos os estilos! Quem conhece bem Berlim, ou vive aqui, sabe que a cidade tem muita natureza, como parques e lagos. E é muito comum as famílias passarem o dia em um parque, ou lago, levando comida, bebidas, às vezes barracas de camping, cachorro e tudo mais. Nos lagos, principalmente nos menos movimentados, é comum a prática do nudismo, e as pessoas são bem tranquilas quanto a isso, não há nenhum estranhamento (normalmente nós latinos é que estranhamos).

Spectr News Theme
BRLO BrwHouse

Os parques que mais recomendaria da cidade são Gleisdreieck, Treptower Park, Tempelhofer (se você não se incomoda com muvuca e fumaça de churrasco, pois ele é um dos mais movimentados), Mauer Park (aos domingos principalmente) e Viktoria Park (pequeno e menos muvucado). Já os lagos, que são por volta de 75 na cidade, tenho que admitir que não conheço muitos, mas normalmente os recomendados são Schlachtensee (conheço esse e é realmente bem bonito, mas já aviso que lota nos dias quentes), Krumme Lanke, Wannsee (a famosa praia berlinense), Müggelsee e o Weißensee.

Saindo um pouco do óbvio, que é aproveitar a natureza da cidade, vou falar um pouco dos eventos que Berlim oferece durante a primavera e o verão. A cidade tem eventos o ano inteiro, mas a concentração deles é maior neste período do ano e a maioria são eventos ao ar livre, para curtir cada minuto de alta temperatura do lado de fora! 

Spectr News Theme
Festival 1. de Maio

A cada fim de semana, são pelo menos cinco opções de grandes eventos para escolher e de diferentes estilos. Vou destacar aqui alguns a que fui e outros que são parte já do calendário de eventos anuais da cidade. Para abrir o calendário de festas do período, o festival do dia 1º de maio já virou tradição nos bairros alternativos da cidade. O evento ocorre nas ruas com vários pontos com música tocando, comidas e bebidas e, normalmente, as pessoas terminam o dia no parque Görlitzer, onde um palco é montado com Djs animando o resto da noite. O evento é meio “sujinho” e não muito organizado, mas vale a experiência! 

Um dos maiores festivais realizados, entre os meses de maio e começo de junho, é o Carnaval das Culturas, ou Karneval der Kulturen, no bairro de Kreuzberg. Desde 1996, o festival acontece por quatro dias (de sexta a segunda-feira) com palcos espalhados nas ruas representando cada continente com música rolando o dia todo, além de barracas de comidas e bebidas do mundo inteiro e o desfile principal no domingo. Sim, é praticamente o nosso carnaval, porém em menor escala!

Spectr News Theme
Festival africano em Berlim

Mais adiante, entre junho e agosto, temos a Fête de la Musique, no dia mais longo do ano, 21 de junho, em que há música ao vivo em várias partes da cidade e tudo grátis; a semana da parada Gay com o grande desfile normalmente em um domingo no fim de julho; o Festival da Cerveja (BierFest), que dura três dias, na avenida Karl Marx Alee, novamente com diversas barracas de cerveja, comida alemã, principalmente, e música; e a Noite Longa dos Museus (Lange Nacht der Museen), com museus em toda a cidade abertos até a madrugada. 

Além desses eventos maiores e oficiais, há diversos festivais menores em cada bairro, e culturais como latino, africano, brasileiro e por aí vai, todos com muita música, comida e bebida típicas. No dia a dia, ou para quem não é fã de grandes eventos, há opções muito boas como os famosos Biergartens, os cinemas ao ar livre espalhados pela cidade, e as festas Open Airs, que são baladas de música eletrônica, normalmente durante as tardes de sábado ou domingo, com um ambiente mais tranquilo e para toda a família.

Spectr News Theme
Badeschiff Berlin

Ufa! É isso pessoal, espero que tenham gostado das dicas. Vou ali aproveitar o dia e curtir uma piscina, que, aliás, é outra opção disponível, pois Berlim possui também diversas piscinas! Para quem não conhece, vale conferir a Badeschiff, uma piscina no meio do rio Spree! Até a próxima!


 


5 Coisas interessantes para fazer em Hamburgo
Gravidez na Alemanha: tudo sobre hebamme na Alemanha 
Clarissa Gaiarsa
Clarissa Gaiarsa
Autor

Comentários

Cadastro